Infraworksys Soluções em Tecnologia
Bom dia - Quarta-feira, 05/08/2020 Você está em: HOME > Notícias

  » Indique a Infraworksys
  » Previsão do tempo
  » Cotações BACEN
  » Links úteis
  » Downloads
  » Notícias
  » Dicas
  » Localização



Newsletters Infraworksys
Cadastre-se e receba nossos informativos.

Nome:

E-Mail:

Aceito receber.



Notícias

Inscreva-se em nosso Feed RSS e receba nossas notícias mais rapidamente.
   Adicionar ao Pageflakes - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao Google Reader / iGoogle - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao My Yahoo - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao Netvibes - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao MyMSN - RSS Notícias - Infraworksys

Categoria:

Criado em: 26/12/2007 13:00:35
Categorias: Assuntos jurídicos, Governo, Informatização, Internet, Segurança pública


Delegacia Eletrônica: registro de ocorrências cresce mais de 30% em 2007

São Paulo - A Delegacia Eletrônica registrou 250 mil boletins de ocorrência, entre o dia 1º de janeiro até o dia 20 de dezembro, cerca de 34% a mais do que em todo o ano passado, quando atingiu a marca de 186.904.

Esse número superou, inclusive, a meta de 200 mil casos previstos, no início do segundo semestre, pela delegada Cristina Bonilha Jarnyk. Ela acredita agora, que até o dia 31 deste mês, sejam feitos mais 10 mil boletins pela Internet.

O serviço oferecido pela Secretaria da Segurança Pública vem alcançando seus objetivos de crescimento, registrando por mês uma média superior a 20 mil boletins. Quando foi criada em 2000, com a finalidade de diminuir o fluxo de atendimentos presenciais nas delegacias convencionais, registrou 21.118 boletins em doze meses.

Furto ou perda de documentos, de aparelhos celulares e de placas de veículos; desaparecimento e encontro de pessoas; furto de automóveis. Estes são os crimes que podem ser registrados pela internet, sem sair de casa. Dados do Infocrim (Sistema de Informação Criminal) mostram que, somente em 2005, 90% dos furtos de celulares, 89% dos furtos de placas de veículos (dianteira ou traseira), e 70% dos furtos de documentos contabilizados pela polícia foram registrados via internet, pela Delegacia Eletrônica.

Considerada um avanço tecnológico, a Delegacia Eletrônica otimiza a mão-de-obra policial liberando parte do efetivo para investigar e esclarecer casos com mais eficiência em menor tempo. Coordenada pela dra. Cristina, a Delegacia Eletrônica passou por uma grande reforma, e conta, hoje, com 28 terminais de computadores, sendo 26 para atendimento ao público; e 44 policiais civis que atendem à demanda dos 645 municípios do Estado de São Paulo.

A titular da Delegacia Eletrônica explica que são aceitos somente casos simples, sem uso de violência ou ameaça grave. O roubo, por exemplo, não é notificado na Delegacia Eletrônica. "Registramos ocorrências que a polícia resolve sem a necessidade de a vítima prestar depoimento ao delegado ou ao investigador", conta Cristina.

Para registrar o boletim de ocorrência eletrônico a vítima deve acessar o endereço na internet (http://www.ssp.sp.gov.br/bo) e preencher o formulário. A confirmação do registro da ocorrência é recebida pela vítima por e-mail e, na mensagem, constará um link e uma senha para imprimir o documento. Se a vítima não tiver um computador em casa, poderá utilizar o serviço em Infocentros, Poupatempos e Telecentros. Clique aqui para ver locais com acesso gratuito à internet para registrar o boletim de ocorrência.

Crimes registrados pela Delegacia Eletrônica:

* Furto de veículo
Caso o veículo tenha sido levado por terceiros, mediante violência ou grave ameaça à pessoa, caracterizando "roubo", não será possível registrar o B.O. na Delegacia Eletrônica. Nesse caso, a vítima deve procurar o distrito policial mais próximo.

* Furto / perda de documentos
Exclusivamente para documentos. Nos casos de furto em que são levados, junto com a documentação, dinheiro ou objetos, a vítima deve procurar um distrito policial.

* Desaparecimento de pessoa
Antes de enviar a comunicação do crime pela internet é importante que o denunciante já tenha procurado pela pessoa desaparecida no local de trabalho, casas de amigos, hospitais e IML (Instituto Médico Legal).

* Encontro de pessoa
A localização de uma pessoa que estava desaparecida pode ser comunicado pela Delegacia Eletrônica.

* Furto / perda de placas
Este tipo de boletim deve ser utilizado unicamente para os casos de furto de placa dianteira ou traseira de veículos.

* Furto / perda de celular
Caso o celular tenha sido levado mediante violência ou grave ameaça à pessoa (caracterizando roubo), o BO deverá ser registrado em um distrito policial.

* Complemento de BO
Esta opção é válida apenas para complementar boletins de ocorrência registrados pela internet.

* Outros
Para outros tipos de ocorrência, a vítima deve comparecer a um distrito policial. Não é preciso registrar o BO no distrito do local do fato. Pode-se optar pela delegacia mais próxima da residência ou do local de trabalho.

Fonte: WNews


Envie por E-Mail

Os meios eletrônicos desafiam operadores do Direito
Governo lança cartilha com dicas de segurança em redes sociais
Lenovo planeja comprar rivais no Brasil
Você tem perfil para abrir uma empresa on-line?
Microsoft e ITI fecham acordo de cooperação
Funcionários não conseguem se desconectar.
Suporte estendido para Windows 2000 Server termina em 13 de julho de 2010
Funcionário da MS cogita Windows de 128 bits
Google invade privacidade e afronta Constituição
Advogados se rendem às facilidades dos smartphones
Antivírus fraudulento brasileiro "sequestra" sistema
Gripe suína é explorada por spammers
A era da tecnologia é também a era da insegurança
NIC.br cria mais três tipos de domínios
Justiça do Trabalho inicia implantação do processo virtual em nível nacional

Página de 7   
Total de notícias: 98


® 2007 Infraworksys Soluções em Tecnologia - Todos os direitos reservados!
Política de privacidade - Termos e condições