Infraworksys Soluções em Tecnologia
Bom dia - Quarta-feira, 05/08/2020 Você está em: HOME > Notícias

  » Indique a Infraworksys
  » Previsão do tempo
  » Cotações BACEN
  » Links úteis
  » Downloads
  » Notícias
  » Dicas
  » Localização



Newsletters Infraworksys
Cadastre-se e receba nossos informativos.

Nome:

E-Mail:

Aceito receber.



Notícias

Inscreva-se em nosso Feed RSS e receba nossas notícias mais rapidamente.
   Adicionar ao Pageflakes - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao Google Reader / iGoogle - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao My Yahoo - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao Netvibes - RSS Notícias - Infraworksys   Adicionar ao MyMSN - RSS Notícias - Infraworksys

Categoria:

Criado em: 25/08/2008 19:37:44
Categorias: Assuntos jurídicos, Banda Larga, Governo, Hackers, Internet, Phishing, Segurança


Brasileiro é acionado nos EUA por infectar computadores

Leni de Abreu Neto, um brasileiro de Taubaté, deve responder pelo crime de conspiração no Júri Federal de Nova Orleans, nos Estados Unidos. Ele é acusado de invadir milhares de computadores ao redor do mundo. Segundo denúncia da Procuradoria do Distrito Leste de Louisiana, o esquema já danificou mais de 100 mil máquinas.

O hacker, de 35 anos, foi preso em julho pela polícia holandesa. A Justiça do país analisa o pedido de extradição feito pelos Estados Unidos. Se Abreu Neto for condenado, poderá pegar até cinco anos de prisão e três de condicional. Além disso, terá que pagar multa de US$ 250 mil (R$ 404 mil) ou ressarcir aqueles que foram prejudicados.

O anúncio foi feito, na quinta-feira (21/8), pelos procuradores Matthew Friedrich e Jim Letten e repercutiu nas agências de notícias internacionais. A investigação contou com a cooperação dos departamentos de crimes virtuais das polícias federais do Brasil, Estados Unidos e Holanda. Segundo a acusação, o esquema ainda tinha a participação do holandês Nordin Nasiri, de 19 anos.

O golpe, chamado de botnet, consiste em invadir milhares de computadores para controlá-los à distância. Em geral, os botnets são usados para enviar spams ou lançar ataques em outras máquinas.

Os donos dos computadores invadidos pelo botnet, chamados de zombies, geralmente não sabem que as máquinas estão infectadas. A dupla vendia o serviço por cerca de € 25 mil (R$ 59 mil), segundo a denúncia.

Fonte: Revista Consultor Jurídico


Envie por E-Mail

Os meios eletrônicos desafiam operadores do Direito
Governo lança cartilha com dicas de segurança em redes sociais
Lenovo planeja comprar rivais no Brasil
Você tem perfil para abrir uma empresa on-line?
Microsoft e ITI fecham acordo de cooperação
Funcionários não conseguem se desconectar.
Suporte estendido para Windows 2000 Server termina em 13 de julho de 2010
Funcionário da MS cogita Windows de 128 bits
Google invade privacidade e afronta Constituição
Advogados se rendem às facilidades dos smartphones
Antivírus fraudulento brasileiro "sequestra" sistema
Gripe suína é explorada por spammers
A era da tecnologia é também a era da insegurança
NIC.br cria mais três tipos de domínios
Justiça do Trabalho inicia implantação do processo virtual em nível nacional

Página de 7   
Total de notícias: 98


® 2007 Infraworksys Soluções em Tecnologia - Todos os direitos reservados!
Política de privacidade - Termos e condições